11 anos de ICP-Brasil

0

A ICP-Brasil completou exatos 11 anos no dia 24 de agosto – data na qual, em 2001, foi publicada a Medida Provisória (MP) 2.200-2 e seu extremo êxito tecnológico pode ser contado por quem colaborou decisivamente não apenas para a implantação da ICP-Brasil, mas também para suas atividades contínuas que resultam em normas, serviços e produtos. Confira o relato de profissionais do ITI e do vice-presidente da Certisign sobre esse importante marco histórico das tecnologias da informação e comunicação no Brasil:

“[…] temos plena consciência de que muito foi feito e que há muito o que se fazer para que essa tecnologia, tão consolidada por seu uso em aplicações extremamente importantes como a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) e o Conectividade Social ICP, chegue às mãos do cidadão, do homem e mulher ainda não integrados ao novo cenário das TICs e que, quando munidos dessa ferramenta tecnológica, exercerão na internet brasileira os mesmos direitos que exercem na sociedade”, declarou o presidente do ITI, Renato Martini.

Para o diretor da Infraestrutura de Chaves Públicas do ITI, Maurício Coelho, há muito o que se comemorar nesses 11 anos de ICP-Brasil. “São 10 Autoridades Certificadoras de 1° nível, 33 Autoridades Certificadoras de 2° nível, mais de 1000 Autoridades de Registro e uma gama de oportunidades como a comercialização de certificados, o uso da tecnologia por entidades de classes e, evidentemente, por empresas que tem suas rotinas desburocratizadas em função do uso contínuo de certificados digitais ICP-Brasil”, destacou.

“A ICP-Brasil completa 11 anos com a responsabilidade de ter revolucionado a forma pela qual os brasileiros se relacionam pela internet. A segurança jurídica, aliada à evolução tecnológica permite que milhões de brasileiros utilizem a internet com segurança, desmaterializando processos e gerando um enorme ganho de eficiência a todos envolvidos. É a evolução na direção certa, contribuindo para um Brasil melhor”, concluiu Paulo Kulikovsky, vice-presidente da Certisign.

Fonte: ITI

Compartilhe

Deixe seu comentário