5 situações que só quem é freelancer já passou

0

O Freelancer, popularmente conhecido como freela, é um profissional autônomo, cada vez mais comum e que presta serviços para diferentes empresas ou gera seus projetos individualmente, atendendo cada um dos seus clientes de forma independente.

Com o avanço da tecnologia e conectividade, esse tipo de carreira tem atraído um número cada vez maior de pessoas. Afinal, são diversas as vantagens: possibilidade de coordenar seus próprios horários, home office e corte de gastos com transporte e alimentação. Porém, assim como tudo na vida, a rotina de um freelancer também possui suas complicações.

Confira 5 situações que só quem é freelance já passou:

Problemas técnicos

Quem já passou pelo desespero de ter que entregar um trabalho urgente e o computador dar defeito não esquece a experiência. Freelancers raramente podem contar com profissionais de TI para resolver esse tipo de emergência. Por isso é fundamental cuidar muito bem do seu hardware e manter seus backups sempre em dia.

Instabilidade

Por maior que seja seu networking, o futuro de um freelancer nunca é algo 100% certo. Em alguns momentos ele terá mais ofertas de trabalho do que consegue entregar e, em outros, faltarão oportunidades. Uma dica de ouro para quem está começando nesse tipo de carreira é manter sempre uma reserva financeira para os períodos de seca.

banner-campanha-institucional-2

Projetos ruins

Freelancers mais experientes sabem que nem toda oferta de trabalho são oportunidades, mas verdadeiras armadilhas. É importante identificar quais projetos são mais relevantes para sua carreira. Afinal, eles são sua vitrine e um projeto medíocre, mesmo que bem feito, pode trabalhar contra você.

Pechincha

Raro é o cliente que não tenta barganhar o preço e pagar mais barato do que deve. Não são raros os casos onde o empregador deixa claro que não pretende pagar pelo serviço, alegando que o trabalho que ele está pedindo servirá como vitrine para futuros clientes. Nessa hora é fundamental deixar claro seu potencial para prestar um serviço de qualidade e cobrar o valor justo.

Levar o cano

Infelizmente essa situação é mais comum do que deveria: o freelancer aceita o trabalho, se dedica, cumpre as exigência e prazos, entrega um bom trabalho e, na hora de receber, o empregador desaparece. Para evitar esse tipo de problema é fundamental manter registros de tudo que foi acordado, assim como e-mails e mensagens, para que providências legais possam ser tomadas em caso de calote.

O ideal é que, no início de qualquer projeto, seja criado um contrato simples, estabelecendo obrigações e deveres de cada parte. Mais ideal ainda é assinar seus contratos com o Certificado Digital, que além de possuir validade jurídica, ainda garante segurança e economia de tempo e dinheiro.

Você também pode gostar de: 3 passos para formalizar contratos no meio eletrônico

Você sabia que pode assinar contratos de Jobs com validade jurídica no meio digital? Clique aqui para saber mais sobre o Portal de Assinaturas Certisign. Seja uma pessoa segura.

Compartilhe

Deixe seu comentário