ACSP vai emitir certificados digitais a partir de janeiro

0

Empresas, prestadores de serviços e pessoas que emitem nota fiscal precisarão dos certificados para garantir a autenticidade dos documentos eletrônicos

A Associação Comercial de São Paulo tornou-se “Autoridade de Registro” e poderá  emitir certificados digitais para prestadoras de serviços, empresas ou pessoas que emitem nota fiscal. A partir de janeiro, será necessário o certificado digital para garantir a autenticidade de documentos eletrônicos gerados. 

A obrigação faz parte das exigências contidas no Sistema Público de Escrituração Digital, o SPED, criado em 2007. Na prática, as empresas necessitam da certificação digital para diversas emissões, como a Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ), a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) e CPF e CNPJ eletrônicos (e-CPF e e-CNPJ). 

A ACSP passa a ser certificadora com parceria da Certisign. 

Segundo Claudio Queiroz, executivo financeiro da instituição, até o fim de dezembro será aberta uma loja exclusiva na Rua Boa Vista,  57, no centro de São Paulo, para “atendimento personalizado”

Além do novo local, a sede da entidade (rua Boa Vista, 62) e as distritais Centro, Butantã, Ipiranga, São Miguel, Lapa, Santana, Santo Amaro, Tatuapé, Jabaquara, Vila Maria, Noroeste, Mooca, Penha e Pinheiros também atenderão o público. 

No âmbito empresarial, a certificação empresarial protege e garante as relações comerciais entre empresas e consumidores, assegurando identificação, meios de pagamento, troca de informações, assinaturas de contratos, dentre diversas outras aplicações. 

O volume de certificados digitais deverá atingir 300 mil emissões em todo o país. O estado de São Paulo estima emitir de 150 a 220 mile, no município, esse número atinge entre 70 a 190 mil. 

“A ACSP pretende captar 10% desse volume, dando sequência na estratégia de crescimento de negócios estimados pela instituição”, diz Claudio Queiroz.

Fonte – Certisign

Compartilhe

Deixe seu comentário