Ano bissexto: mais um dia no ano para aproveitar as vantagens

0

O ano bissexto surgiu para alinhar o calendário anual que usamos comumente, ao calendário solar, que têm uma pequena diferença. Portanto, o mês de fevereiro ganha mais um dia e o ano passa a ter 366 dias, como todos sabemos, 2016 também será um ano de alinhamento.

O “fenômeno” do dia adicional ocorre a cada quatro anos, devido ao fato de o ano solar ter 365,25 dias e o ano tradicional ter exatos 365 dias. Assim o calendário se ajusta ao movimento de translação da Terra.  Desta forma, os fenômenos climáticos semelhantes se agrupam numa determinada estação, caso contrário pertenceriam, de certo modo, a outras estações. Se bem que, o aquecimento global tão discutido já traz mudanças climáticas que desorganizam até mesmo as tradicionais estações como a conhecemos.

Apesar de a constatação ter partido dos egípcios, que contavam todos os anos com 365 dias e perceberam uma alteração na época de plantação e colheita dos alimentos, os romanos ou mais precisamente seu imperador Júlio César, ordenou que seu astrônomo incluísse o 29 de fevereiro no calendário para solucionar a inadequação das festas que passavam a cair em diferentes épocas do ano. Uma curiosidade sobre o ano bissexto é que apesar de ser do gosto pessoal, de quem nasce nesta data, comemorar no dia 28 ou dia 1° de Março, o Código Civil Chinês estipula que os ‘contemplados’ comemorem no dia 28 de fevereiro. Mas em Hong Kong, a lei estabelece que seja comemorado no dia 1º de Março.

Há lendas que permeiam a data, como a que diz que na Escócia antiga, no ano bissexto as mulheres poderiam escolher com quem casar, contrariando a tradição. Na Grécia, por outro lado, acredita-se que dá azar casar em anos bissextos.

E você, acredita em alguma crendice do tipo?

Independente de crenças, certo mesmo são os descontos exclusivos, oferecidos aos clientes do Clube de Vantagens Certisign, você agora tem mais um dia no ano para aproveitar as vantagens, garanta ofertas em grandes lojas já conhecidas por você. Saiba mais!

Fonte: doutíssima com informações Certisign

Compartilhe

Deixe seu comentário