Bolware o vírus que é capaz de adulterar boletos digitais

0

Já faz tempo que realizar compras pela internet tem se tornado um hábito dos consumidores brasileiros. Contudo, conforme os meios de proteção se atualizam, os hackers insistem em desenvolver novas formas de aplicar golpes pelo mundo virtual.
Ultimamente, um malware vem circulando a rede e sua ação é quase imperceptível para os descuidados: o vírus modifica a linha digitável de boletos bancários digitais, fazendo com que o pagamento seja, de fato, efetivado, mas para a conta do criminoso.
O perigo maior é que o vírus, conhecido como Bolware, consegue se transpor também ao mundo real, fazendo com que a linha digitável continue modificada quando o boleto é impresso. Além disso, o vírus corrompe o código de barras, forçando o atendente a digitar o código adulterado.

Mas existem formas de se proteger sempre utilizando softwares de confiança, como um bom antivírus, aliados ao conhecimento sobre os perigos. Há inúmeros elementos que podem ser observados para saber se você está sofrendo algum tipo de golpe:

  1. Certifique-se de que o HTTPS aparece no cabeçalho, mesmo na geração do boleto, garantindo que a operação é segura;
  2. Confira se o símbolo do cartão está correto;
  3. Veja se a linha digitável de baixo do boleto é igual a de cima;
  4. Cheque se o código presente na linha digitável é o mesmo do banco do boleto;
  5. Hoje, a maioria das lojas online oferecem a opção de débito em conta;
  6. Caso ainda haja dúvidas, entre em contato com o banco.

É importante manter-se sempre atento a todos os arquivos baixados e transferidos para o seu computador, evitando baixá-los de links desconfiáveis e verificando-os com um antivírus confiável.

Quem compra ou renova o Certificado Digital Certisign recebe um presente exclusivo: um ano de antivírus Norton Internet Security inteiramente grátis. A promoção é resultado de mais uma parceria estratégica firmada com a Symantec, fabricante do antivírus.

Compartilhe

Deixe seu comentário