Certificado Digital é imprescindível para utilizar o SISDOC

0

O uso da Certificação Digital passa ser obrigatório no Sisdoc – Sistema de protocolização de documentos físicos e eletrônicos -, para viabilizar o peticionamento eletrônico em todas as comarcas da 2ª Região. A exigência do Certificado Digital concederá mais agilidade nos processos e comodidade para os advogados, além de garantir a segurança da documentação protocolada.

A desativação do sistema sem o Certificado Digital iniciou gradualmente no dia 14 de janeiro, nas varas localizadas fora da sede que já operam com o PJe -Franco da Rocha, Itaquaquecetuba, Taboão da Serra, Carapicuíba, Santana do Parnaíba, São Caetano do Sul, Suzano, Cotia, Cajamar, São Bernardo do Campo, Itapevi, Guarulhos, Osasco, Cubatão, Mauá e Diadema.  No dia 18/03, a inativação se dará em toda capital paulista.

Até o final de 2015, está prevista a implantação do PJe em mais 10 comarcas (Poá, Ribeirão Pires, Osasco, Praia Grande, São Vicente, Jandira, Mogi das Cruzes, Santo André, Guarujá e Santos).

Os advogados que ainda não têm Certificado Digital pode solicitar o documento eletrônico no site da AC OAB – Autoridade Certificadora da Ordem dos Advogados do Brasil.

Fonte: TRT SP com informações Certisign

Relacionadas:

CNJ lança campanha para divulgar vantagens do PJe
Meta da Justiça trabalhista para 2013 é implantar PJe em 40% de suas varas
Uso do Certificado Digital vai muito além das obrigatoriedades

Compartilhe

Deixe seu comentário