Como declarar despesas médicas e odontológicas, terapêuticas

0

Diferente do campo da educação, as despesas médicas não possuem limite no valor a deduzir. Isso as torna uma das principais ajudas para reduzir a base de cálculo do seu imposto.

Contudo é importante ficar atento, pois nem todo tipo de gasto com saúde se enquadra como dedução e qualquer descuido pode fazer com que você caia na malha fina.

Comprovantes

Recibos, notas fiscais e informes de planos de saúde podem ser usados desde que contenham nome, endereço e CPF ou CNPJ de quem recebeu os pagamentos, a assinatura do prestador de serviço e o nome do beneficiário. Cheques nominais endereçados ao médico também se enquadram.

Banner-imposto-de-renda-2017

Planos de saúde e Hospitais

Essa categoria também engloba exames de laboratório, serviços de radiologia, aparelhos ortopédicos e próteses. Nesses dois últimos, é necessária a comprovação com a receita médica e nota fiscal da compra do produto.

Remédios e enfermeiros

Esse tipo de gasto fica de fora da declaração exceto nos casos em que eles constem na conta emitida pelo hospital.

Todas essas informações devem ser fornecidas na ficha Pagamentos Efetuados. Em caso de suspeita de irregularidade, a receita pode solicitar a comprovação dos gastos, por isso é muito importante guardar todos os comprovantes, onde devem constar nome, endereço e número do CPF ou CNPJ de quem recebeu os pagamentos.

Outra providência que você pode tomar para cuidar da saúde e evitar o stress é adquirir um Certificado Digital Certisign. Com ele você resolve suas pendências de qualquer lugar, a qualquer hora, tudo sem esquentar a cabeça.

Não deixe para a última hora o seu IRPF! Se você ainda não tem Certificado Digital, adquira aqui o seu e usufrua da declaração pré-preenchida e muito mais.

Compartilhe

Deixe seu comentário