Como lidar com a RDC 30?

0

Publicada em Julho de 2015 pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), a RDC 30 determina que laboratórios clínicos e postos de coleta devem garantir a autenticidade e a integridade dos laudos emitidos. A resolução entra em vigor no dia 24 de janeiro de 2016 e, na prática, prevê que a autenticidade dos laudos deve ser garantida por assinatura manuscrita ou assinatura digital.

Ultimamente, os órgãos regulamentadores de saúde vêm determinando algumas normas que levam os médicos para um caminho mais digital. O objetivo não está só em ter mais controle dos documentos que circulam, mas também levar mais praticidade, economia e, principalmente, segurança para o dia a dia do trabalho no consultório.

É pensando em levar ferramentas cada vez mais ágeis aos médicos, que a Certisign está lançando o Portal para Médicos Certisign, um ambiente especial que disponibiliza as soluções mais adequadas para cada tipo de norma, tudo para que a otimização do seu tempo e trabalho.

No portal é possível encontrar soluções para normas como a RDC 30 da ANVISA, que determina que o laboratório clínico e o posto de coleta laboratorial devem garantir a autenticidade e a integridade do laudo emitido através da assinatura do profissional que o liberou, manuscrita ou em formato digital, com utilização de processo de Certificação Digital na forma disciplinada pela Medida Provisória n.º 2.200-2/2001.

Vale lembrar que o Certificado Digital não é exclusivo apenas para a RDC 30, como também pode ser usado em outras tarefas do dia a dia. Além disso, o uso do Certificado Digital Certisign habilita o uso de inúmeras ferramentas, como o Portal de Assinaturas, útil para enviar, receber, organizar e assinar vários documentos de um só vez com apenas alguns cliques.

Faça já a aquisição aqui do seu Certificado Digital no Portal CFM que criamos para você! E garanta a condição especial de pagamento.

Compartilhe

Deixe seu comentário