Da base ao topo: a relação entre empreendedor e Contador deve ser de crescimento mútuo

0

A relação de companheirismo conta mais do que uma simples transação comercial que implica na prestação de um serviço. Sempre dizemos aqui que o Contador precisa ser um conselheiro do gestor, um orientador que apresenta soluções e sugestões de mudanças baseadas em dados concretos obtidos por meio da Contabilidade da empresa.

Em alguns casos, até mesmo abrir mão de um lucro no primeiro momento pode ser um bom investimento – mesmo em tempos de crise. Um exemplo disso está retratado no livro “DOCCIN 50 anosHistória e Vida”, que conta a relação entre o empresário Rogério Ricco Bertoni, que atua no setor da Construção Civil, e o empresário contábil Domingos Orestes Chiomento, do escritório DOC Contabilidade, que são parceiros desde 1993.

Quando decidiu iniciar o seu negócio, o jovem empresário não possuía recursos sequer para pagar os honorários que um Contador. Então, Chiomento vendo o seu empenho decidiu lhe ofereceu a ajuda necessária para montar a empresa e fazer o negócio crescer, de maneira gratuita.

Banner-clube-do-contador

Desde então, os dois se tornaram amigos e parceiros de negócios. Enquanto a empresa de um crescia, a do outro se desenvolvia também. Afinal, quando o negócio do seu cliente vai bem, a demanda pelos seus serviços só aumenta, gerando uma reação em cadeia, na maioria das vezes lucrativa.

A empresa de Bertoni, que é voltada à construção de obras públicas, como creches, escolas, hospitais e outros, cresceu tanto que ele precisou montar um setor interno para fazer a sua Contabilidade. No entanto, jamais abriu mão da relação de amizade e parceria com a DOC Contabilidade: Domingos Chiomento continua sendo o seu Contador e, juntamente com a sua equipe, é responsável pela consultoria contábil e fiscal da empresa, fornecendo a sua experiência e competência para fazer o negócio continuar crescendo.

Este deve ser o sentimento de um Contador ao se deparar com um novo empreendedor. Em vez de vê-lo apenas como alguém que não consegue arcar com os seus honorários, perceber que ali está uma pessoa na qual se pode investir, porque, se ela crescer, você irá se desenvolver profissionalmente também.

Este princípio vale especialmente para os Empreendedores Individuais, que são os que mais precisam do auxílio de um Contador para transformar uma simples ideia de negócio em um projeto de sucesso. Invista nesta pessoa. Quem não quer fazer parte de uma história vencedora?

Se o seu cliente ainda não tem um Certificado Digital, indique esse produto no Clube do Contador Certisign, além da comissão por indicação, o programa de relacionamento do Clube do Contador Certisign oferece prêmios todos os meses. Cadastre-se já.

Compartilhe

Deixe seu comentário