Depois dos bancos e da Receita Federal, agora o FGTS é a nova alavanca para a disseminação da certificação digital

0

Depois dos bancos e da Receita Federal, agora o FGTS é a nova alavanca para a disseminação da certificação digital

A tecnologia do Certificado Digital ICP-Brasil vem crescendo cada vez mais com as demandas do sistema financeiro / contábil e o uso na Receita Federal. E surge esse ano uma nova solução que também se beneficia dessa ferramenta: o Conectividade Social ICP.

No ano em que a ICP (Infra-estrutura de Chaves Públicas) está completando uma década, Pedro Pinheiro Cardoso, da coordenação-geral de auditoria e fiscalização do ITI, afirma que duas “ondas” iniciais foram responsáveis pela existência de mais de 2 milhões de certificados ativos hoje no país. A implantação do Sistema de Pagamentos Brasileiro e a demanda nas operações junto à Receita Federal, como a Nota Fiscal Eletrônica, o SPED e as consequentes emissões de CPFs ou CNPJs eletrônicos são exemplos disso.

“As Autoridades Certificadoras já começaram a sentir a demanda, que tem a pretensão de entregar certificados a microempresas e empreendedores individuais, e a todos os que precisam se relacionar com a Caixa nas questões de FGTS”, afirma Cardoso.

Em constante ascensão, agora o uso dessa ferramenta volta a crescer. Do total de certificados ativos, 970 mil foram emitidos entre janeiro e agosto deste ano. Já para as pessoas físicas, essa demanda surge de categorias profissionais como advogados e contadores graças à gradativa digitalização dos processos judiciais e, naturalmente, as obrigações tributárias.

Fonte: Convergência Digital

Compartilhe

Deixe seu comentário