Dez pontos turísticos que todo paulistano deveria conhecer

0

Você, que mora em São Paulo, sabe exatamente como aproveitar seus lugares favoritos, afinal, foram anos de “garimpagem” até descobri-los. Mas você já notou que sempre que alguém de fora da cidade pede dicas de turismo na capital paulista, a gente demora um bom tempo pra responder?

Isso porque, muitas vezes, os lugares que gostamos de frequentar não são necessariamente pontos turísticos, já que atendem a gostos bem específicos (os nossos). Mas, para que você fique bem na foto, listamos aqui 10 pontos turísticos obrigatórios para se conhecer em São Paulo. E isso vale tanto para quem é de fora, quanto para você! Confira!

10 pontos turísticos obrigatórios para se conhecer em São Paulo

Museu do Futebol

Este é o lugar perfeito para quem quer entender porque o futebol brasileiro é (ou pelo menos foi) referência para o mundo todo. Mas não pense que se trata de um daqueles museus enfadonhos. Todas as atrações do local são multimídia e interativas, permitindo que o visitante faça uma imersão no fantástico mundo do esporte bretão. Além disso, há uma infinidade de vídeos com jogadas e gols dos nossos maiores ídolos, como Pelé, Garrincha, Gerson, Tostão, Romário, Zico, Ronaldo, Rivellino, entre muitos outros.
Onde: Praça Charles Muller, s/n (Estádio do Pacaembu) – Pacaembu.
Site: www.museudofutebol.org.br

Bairro da Liberdade

Ainda que a origem seja japonesa, o bairro da Liberdade é o local certo para conhecer mais não só da cultura nipônica, mas também da chinesa e sul-coreana, já que esses dois povos também estão bem instalados por lá. Da movimentadíssima Feira da Liberdade, ideal para comprar bugigangas e petiscar comidinhas, a restaurantes das mais diversas matizes orientais, o bairro é perfeito para quem quer expandir seus conhecimentos a respeito destes povos.

Há ainda templos budistas para visitar, festas típicas como o Ano Novo Chinês (em fevereiro) e o campeonato de Sumô (em maio), e também os já tradicionais karaokês, como a Choperia Liberdade e o Tequila´s, além do Cine Joia, uma opção para quem está atrás de baladas na região.

Dar um belo passeio no centro

Catedral da Sé, Mosteiro e Colégio de São Bento, as vistas de tirar o fôlego do Terraço Itália, Edifício Banespa e Copan (que ainda tem galerias bem legais) e as lojas e restaurantes das galerias Metrópole e do Rock. A Sala São Paulo, a Pinacoteca, o Mercadão Municipal, o Vale do Anhangabaú, a biblioteca Mário de Andrade e os eletrônicos e quinquilharias das ruas Santa Ifigênia e 25 de Março…o centro de São Paulo é um universo a parte – e obrigatório – para se entender a complexidade da capital paulista. Quando estiver por lá, se jogue!

Fazer o “combo” Bar da Dona Onça / Café Floresta

Localizado nas galerias do edifício Copan, o restaurante Dona Onça traz uma releitura mais refinada da variada culinária brasileira, com toques sofisticados – mas sem perder o sabor. De petiscos como o croquete de carne de panela a pratos como a língua de boi ao molho madeira, acompanhado de polenta, o almoço (ou jantar) vale muito a pena, mesmo com lista de espera que, por vezes, pode ser longa.

E quando sair do Dona Onça, vire à esquerda e, ainda nas galerias do Copan, vá tomar um café no Café Floresta. O estabelecimento está lá há quase 50 anos e serve uma bebida cremosa, de sabor encorpado e que cai muitíssimo bem para fazer a digestão. Uma dica: o local só aceita dinheiro.
Onde: Avenida Ipiranga, 200 (Edifício Copan) – Centro
Sites: www.bardadonaonca.com.br / www.cafefloresta.com.br

Caminhar de ponta a ponta na avenida Paulista

Esse é um dos passeios mais legais a se fazer em São Paulo. Caminhar pela avenida mais importante da capital paulista é mergulhar em toda a diversidade cultural que a cidade pode oferecer. Bandas tocando pelas calçadas da via, performances artísticas variadas, lojas, shoppings, restaurantes, cinemas, o MASP (Museu de Arte de São Paulo), o Mirante 9 de Julho (que traz shows e filmes gratuitos), o parque do Trianon, os bares para sentar e tomar uma cerveja, acompanhada por uma obrigatória porção de coxinhas.
Em resumo, os 2,7 quilômetros de extensão dessa via são um microuniverso com toda a vasta riqueza paulistana. Vale a pena perder um dia inteiro nela!

Os jardins do Museu do Ipiranga

Inspirado em jardins clássicos franceses, como os do Palácio de Versalhes, os jardins do Museu do Ipiranga valem muito a vista, mesmo que eles estejam um pouco mais afastados do centro. Muito conservado e localizado no Parque da Independência, o local traz centenas de espécies de plantas e flores, belas fontes, um bosque e, de quebra, pode-se ainda admirar a bela arquitetura do Museu do Ipiranga que, infelizmente, está fechado para reformas.
Onde: Avenida Nazaré s/n – Ipiranga

Parque do Ibirapuera

Maior parque da cidade, o Ibirapuera é daqueles lugares para se perder um dia inteiro, seja para fazer exercícios, apenas ficar de pernas para o ar durante um piquenique, visitar alguma exposição no MAM (Museu de Arte Moderna) ou conferir um evento interessante na Fundação Bienal.
Onde: Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n – Vila Mariana

Um drink no Bar Skye

Localizado no topo do hotel Unique, o grande destaque do Skye é a sua espetacular vista para o Parque do Ibirapuera e outros pontos da cidade. Além disso, os drinks bem preparados e a cozinha ítalo-brasileira com pratos elaborados pelo chef Emmanuel Bassoleil também valem (muito) a visita.
Onde: Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 4.700 – Jardim Paulista
Site: www.skye.com.br

Uma porção de coxinha com caipirinha no Veloso Bar

A combinação do título acima é algo obrigatório por quem passa por São Paulo. Com um típico ar de botequim, o Veloso Bar é a pedida perfeita para quem quer passar uma tarde petiscando suas porções e tomando suas famosas caipirinhas (ou bem tirado chope), enquanto bate papo com os amigos. E tudo em uma rua com ares interioranos. Dica: é importante chegar cedo, porque o lugar lota rápido.
Onde: Rua Conceição Veloso, 54 – Vila Mariana
Site: www.velosobar.com.br

Um filme no Cinesala

Um dos poucos cinemas de rua que ainda resistem em São Paulo, o Cinesala se destaca não apenas por seus filmes – uma mescla de obras mais populares, com outras mais alternativas – mas também pelo seu conforto: alguns de seus lugares são sofás, daqueles bem confortáveis, que permitem que você veja aos filmes todo “largadão” ao lado de quem você gosta. Além disso, a pipoca tem preço honesto e ainda dá para tomar um expresso na recepção ou até mesmo uma cervejinha.
Onde: Rua Fradique Coutinho, 361, Pinheiros
Site: www.cinesala.com.br

“Turiste” com economia com o Clube de Vantagens Certisign

E quem é sócio do Clube de Vantagens Certisign pode fazer turismo em São Paulo com economia. Afinal, é possível aproveitar os descontos de diversos parceiros do programa de relacionamento, como o Chef´s Club, que dá desconto em dezenas de restaurantes na cidade. Ou comprar ingressos para shows no Bilheteria.com. E também encontrar o melhor hotel no Hotel Urbano ou achar passagens com preços reduzidos no MaxMilhas. E se você ainda não é sócio, basta comprar um Certificado Digital da Certisign. Visite o site e saiba mais!

Você também pode gostar:

CINEMARK é a nova parceria do Clube de Vantagens Certisign


Compartilhe

Deixe seu comentário