Dicas para comprar com segurança na Black Friday

0

Pode ser muito tentador comprar em qualquer site que apresente um menor preço comparado às lojas físicas, mas é importante ficar atento com sua segurança para realizar suas compras apenas em sites confiáveis.

Confira abaixo dicas que preparamos para você se manter seguro nas compras virtuais

1- Nem tudo é o que parece
Um velho ditado, pode te ajudar em muitas coisas. Fuja de artimanhas criminosas como o phishing e desconfie de tudo o que você recebe no e-mail solicitando senhas e dados muito pessoais. Um e-mail que parece ser do seu banco, por ser tão convincente visualmente, pode não ser. Certifique-se da autenticidade, antes de fornecer qualquer dado.

2- Guarde seus dados na nuvem
Você provavelmente não faz backups regulares em seu notebook, então passe a ter o costume de guardar tudo na nuvem, você pode correr o risco de ter os dados nos seus computadores e dispositivos móveis furtados. Serviços de cloud storage como Google Drive, Dropbox, OneDrive, entre outros te ajudam a fazer backups automáticos.

3- Só o antivírus ainda é pouco
Já não é mais tão seguro confiar apenas no antivírus, agora é necessário no mínimo uma suíte completa e um multidispositivo que cuide além da proteção contra Malwares, mas que ofereçam soluções que barrem ataques de phishing e adicionam um firewall. É importante também não confiar em softwares gratuitos.

4- Seu roteador precisa de proteção
Dificulte a vida do hacker, facilite a sua. Não torne o acesso ao seu roteador um caminho fácil para os criminosos, pois ele é responsável por alimentar todos os seus gadgets conectados. Reveja as configurações, como por exemplo trocar o password padrão por uma senha forte de administrador, configurar o processo de autenticação com a criptografia WPA2 (AES) e usar algum programa feito especificamente para protege-lo.

5- E-mails e criptografia devem andar juntos
A falta de criptografia nos e-mails é a justificativa mais fácil para que ele seja interceptado e lido por terceiros. Pesquise boas tecnologias de criptografia disponíveis no mercado e blinde suas mensagens. É muito comum as lojas enviarem e-mails na Black Friday e o seu precisa estar protegido.

6- Cuidado com as redes WiFi públicas
As redes wifi públicas podem te dar mais dor de cabeça do que você imagina. Elas são um parque de diversões para os cibercriminosos. Se você fizer uso de uma delas, tenha o cuidado de usar uma solução de VPN para entrar na internet de forma anônima, mascarando o tráfico de dados.

7- Um gerenciador de senhas é mega importante
Como a gente precisa de senhas fortes para dificultar as fraudes, quanto mais complicada ela é, mais a gente demora para memoriza-la. Logo, um gerenciador de senhas é ideal para armazenar as credenciais e fazer login automaticamente. Há programas bons e gratuitos que te ajudam com essa função.

8- Permissões e configurações de segurança devem ser revisadas
Conectar aplicativos e jogos ao perfil do Facebook é algo muito comum, porém, perigoso. Pois o desenvolvedor do software tem acesso mais profundo à sua conta. Por isso, reveja as permissões de aplicativos em redes sociais e revogue a autorização de programas suspeitos. Sempre confira as configurações de segurança e privacidade dos serviços online que você usa.

9- Proteja os seus dados. Navegue somente em sites protegidos pelo SSL
A certificação de sites com um selo SSL pode ser um grande indicador de que o site visitado é seguro para cadastrar seus dados e realizar sua compra sem sair de casa, junto do Selo Site Seguro (SSL) que, geralmente fica no rodapé do site. Existem outros indicadores que demonstram se o site realmente está protegido para suas compras. Saiba mais sobre o que é o Certificado SSL.

Você ainda não tem um Certificado Digital Certisign? Compre conosco e tenha acesso ao Clube de Vantagens Certisign: descontos que já valem o investimento.

Fonte: Tecmundo com informações Certisign.

Compartilhe

Deixe seu comentário