E-cpf: tudo o que ele pode fazer por você.

1

Como já foi dito aqui no blog, os dois principais tipos de certificação digital são o e-CPF e o e-CNPJ. O que talvez poucos ainda não saibam é a quantidade de facilidades que os dois podem representar para a vida profissional, seja você contador ou empresário. Neste post, vai uma lista sobre  a maioria das funcionalidades do e-CPF que, cada vez mais, vão agilizar o dia a dia de milhares de contabilistas em todo o país:

e-CPF:
• Acesso ao Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte – e-CAC
• Consulta e acompanhamento da Situação Fiscal das Pessoas Físicas e Jurídicas com o e-CPF do responsável legal perante a Receita Federal
• Ratificação dos DARFs recolhidos com dados errados e obtenção de cópias dos documentos recolhidos desde 1993;
• Obtenção de cópias de Declarações do Imposto de Renda de Pessoas Jurídicas (DIPJs e PJs), de Declaração de Créditos e Débitos de Tributos Federais – DCTFs e Declaração de Contribuições Sociais – DACONs
• Obtenção de cópias de Declarações do Imposto de Renda de Pessoas Físicas e de Declarações do Imposto de Renda na Fonte – DIRFs
• Elaboração de Procurações Eletrônicas
• Priorização na restituição do Imposto de Renda Pessoa Física para declarações entregues com certificação digital
• Parcelamento eletrônico on-line de débitos Pessoas Físicas e Jurídicas
• Agendamento eletrônico das Pessoas Físicas e Jurídicas, para atendimento no balcão do CAC para resolver pendências;
• Implantação do Sistema Público de Escrituração Digital – SPED
• Apresentação de assinatura e firma reconhecida em cartório do Documento Básico de Entrada no CNPJ junto a Receita Federal (DBE) àqueles que utilizam a certificação digital
• Desburocratização do credenciamento de representante legal das empresas que operam no SIXCOMEX
• Envio eletrônico de documentos referentes a processos que tramitam nas Varas do Trabalho dos 24 TRTs e no TST, através da Internet, sem a necessidade da apresentação posterior dos documentos originais
• Segurança aos correntistas dos bancos ao acessarem suas contas por meio da Internet
• Agilidade na liberação de contratos de câmbio nas Instituições Financeiras
• Acesso a Compras Públicas por meio dos Pregões Eletrônicos
• Transações eletrônicas seguras melhorando a gestão das empresas, desmaterializando processos burocráticos e agilizando procedimentos
• Saúde Complementar Eletrônica
• Autorização de funcionamento para empresas de Segurança, através do Sistema de Gestão Eletrônica de Segurança Privada – GESP da Polícia Federal
• Serviços Cartoriais Eletrônicos
• Conectividade Social para FGTS – Permite a simplificação do processo de recolhimento do FGTS, a redução dos custos operacionais; o aumento da segurança e do sigilo das transações com o FGTS e facilita o cumprimento das obrigações da empresa relativas ao FGTS e à Previdência Social.

Fonte: Certisign.

Compartilhe

1 Comentário

  1. Prezados,
    tenho uma pequena empresa. Com o meu e-CPF posso fazer uma procuração eletrônica, pois sou o reponsável pela empresa, e autorizar meu contador a enviar a documentação da minha empresa para Receita Federal com o e-CNPJ do escritório de contabilidade?
    Isto é, não há necessiade de tirar o e-CNPJ já tendo e-CPF ?

    Grato
    Paulo

Deixe seu comentário