Especial NFe – Nota Fiscal pode reduzir custos nas empresas

0

A emissão de Notas Fiscais eletrônicas – NFe – será obrigatória até o final de 2010 para as empresas que pagam ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços. A medida, que em um primeiro momento não foi vista com muito bons olhos por alguns empresários, por conta da necessidade de adequação, pode acabar ajudando a reduzir custos e otimizar o trabalho no dia a dia.

De acordo com Marcello Palamartchuk, sócio-diretor da BDO, empresa de auditoria, tax e advisory services, as empresas emissoras reduzirão os gastos com notas fiscais e o cumprimento da burocracia. “As vantagens se referem principalmente à redução de custos. Os gastos com aquisição de papel, impressão, armazenagem e recuperação de documentos fiscais deixam de existir. E mais: a NFe torna desnecessária a autorização para impressão de documentos fiscais (AIDF), reduz o tempo de parada de caminhões em Postos Fiscais de Fronteira e ajuda a padronizar o processo de emissão de nota fiscal em todos os estados”, afirma.

Já para as empresas receptoras, segundo Palamartchuk, o benefício da Nota Fiscal eletrônica está na facilidade de organização dos documentos. “A Nota Fiscal eletrônica dispensa a digitação de notas fiscais na recepção de mercadorias, reduz os erros de escrituração (derivados justamente dos erros de digitação de notas fiscais), diminui o tempo gasto com armazenagem e recuperação de notas fiscais recebidas e possibilita planejar melhor a logística de recepção de materiais”, afirma.

Neste ano, a medida passará a valer para quem desenvolve atividade nos setores industrial, de comércio atacadista ou distribuição, despacha mercadorias para outros estados ou fornece produtos para instituições públicas.

Fonte: Portal Administradores

***

Fique atendo ao prazo para adquirir sua Nota Fiscal eletrônica, que será obrigatória para diversos setores em todo o Brasil. O último dia é 31 de março!

Compartilhe

Deixe seu comentário