Grupos no Facebook, LinkedIn e WhatsApp: até que ponto eles auxiliam ou atrapalham?

0

Nos dias atuais a tecnologia transformou-se em uma poderosa aliada nas comunicações, seja para se aprimorar e manter informado profissionalmente ou para acompanhar as novidades e tendências que estão em nossa volta. Assim, cada dia surgem novos grupos de pessoas interessadas em um mesmo tema.

Isso ocorre também com os Contadores, que se agrupam em torno de assuntos como: IFRS, Governança Tributária, Recursos Humanos, Tributos Municipais, assuntos cotidianos e muitos outros.

Os grupos mais procurados até o momento são os do Facebook e do LinkedIn, principalmente quando se tratam de redes abertas, formadas por pessoas que não se conhecem, necessariamente, mas unem-se pelo interesse comum que têm sobre determinado tema. Nesses grupos são publicadas notícias atuais acerca de um assunto e, a partir daí, surgem as dúvidas, que são compartilhadas entre colegas de profissão, incrementando enriquecedoras discussões e debates sobre o tema em pauta.

Já no WhatsApp, o mais comum é que pessoas que trabalham ou estudam em um mesmo local formem seus grupos para discutir os assuntos do dia, tirar dúvidas e transmitir informações. Essas ferramentas permitem a troca de experiências entre os participantes, o que aumenta o conhecimento sobre a área.

Manter-se integrado é sempre muito bom, mas é preciso cuidado, porque toda informação deve ser confirmada com fontes confiáveis. Não se pode simplesmente acreditar em tudo o que é divulgado nos grupos – esse mero descuido pode levar a erros que comprometem a credibilidade e podem até mesmo atrapalhar a carreira. Utilizadas corretamente as Redes Sócias são ferramentas muito úteis. Tem algum grupo que gostaria de compartilhar? Fala pra gente.

Contador, a Certisign te ouviu e acaba de lançar um programa com novas vantagens financeiras para você. Venha para o Clube do Contador ou ligue para (11) 3546 3800.

Compartilhe

Deixe seu comentário