IFRS para pequenas empresas: você está com as planilhas em dia?

0

Inicialmente adotadas pelas grandes empresas e S.A.s, as IFRS – (International Financial Reporting Standard), em Português as Normas Internacionais de Contabilidade foram introduzidas no Brasil com o intuito de padronizar as normas contábil aplicadas aqui com as em vigor no restante do mundo, mais especificamente em 120 países, em especial nos nossos parceiros comerciais.

IFRS para pequenas empresas

No entanto, desde 2011 as Normas Internacionais de Contabilidade também fazem parte da vida de quem atua nas pequenas empresas – claro que estas organizações não precisam seguir a totalidade das novas normas, apenas o modelo adaptado a elas, mas isso não significa que o desafio de implantação das IFRS seja menor.
Em resumo, elas orientam como a Contabilidade deve apresentar o balanço de uma empresa. Para entendermos totalmente seu funcionamento é preciso separar a área contábil da empresa da área fiscal. Ambas são fundamentais dentro do empreendimento, porém têm funções diferentes. Enquanto uma se comunica com os fiscos, pagando o que lhes é devido, a outra mapeia a corrente sanguínea da empresa, sendo uma ferramenta fundamental a ser analisada em momentos de tomada de decisão.

Sendo assim, as IFRS´s influenciam na vitrine contábil do seu negócio, já que, entre a série de finalidades de um balanço dentro da empresa, há a função de apresentação dos seus negócios para o mercado.

Em defesa do balanço

Não é porque a empresa é pequena e, teoricamente, não deve nada para a Comissão de Valores Mobiliários – CVM ou outros órgãos reguladores, que o balanço não precisa ser feito adequadamente. Seja o seu cliente tributado no regime do Simples, Lucro Presumido ou Lucro Real, ele está obrigado pelo Código Civil a fazer os seus balanços. Então nada de preguiça de redigir as notas explicativas, porque elas são necessárias – e você ainda pode cobrar um valor a mais de fizer o serviço completo (fiscal + contábil).

No final de 2016, o Conselho Federal de Contabilidade – CFC publicou a primeira revisão da Norma Brasileira de Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas, a NBC TG 1000 (R1). Somente nesta primeira revisão, a entidade alterou 55 itens da NBC TG 1000.

Banner-clube-do-contador

Entre as principais mudanças estavam a possibilidade de adoção da norma pela primeira vez, a partir do exercício de 2017, sem penalidades ao profissional contábil. Vale salientar que estão submetidas à norma todas as empresas com receita bruta inferior a R$ 300 milhões e ativos inferiores a R$ 240 milhões.

Isso quer dizer que, se você não começou ainda a fazer a Contabilidade da forma correta, não terá uma segunda chance de sair impune. Corra atrás e organize a casa antes do fim do ano – você tem cinco meses para isso.
Agravante

A credibilidade do seu cliente – e a sua também – está em jogo, se você ainda não aderiu a esta mudança. Isso porque, com a crise econômica, o número de pedidos de empréstimos bancários aumentou muito. E a chance de os seus clientes conseguirem a liberação do montante solicitado cai consideravelmente se ele não tiver um balanço correto para apresentar às instituições financeiras. Isso porque os bancos e instituições financeiras passaram a considerar como mais sólidas e mais eficientes as empresas já adequadas às novas normas do IFRS.

Palestra sobre o tema

Este e outros temas serão abordados de 2 a 4 de agosto, em Natal, capital do Rio Grande do Norte, no 13º Encontro Nordestino de Contabilidade – Enecon. O evento é organizado pelo Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Norte CRC-RN e contará com a participação da Certisign.

Você também pode gostar de: Profissional Contábil ajuda a “limpar” a corrupção do País

Aproveite para conhecer o Clube do Contador da Certisign, que oferece diversos sorteios, campanhas com premiações, atendimento no seu escritório e desconto nas maiores lojas virtuais do país, além de notícias do seu interesse, com o bom humor que você precisa.

Se o seu cliente ainda não tem um Certificado Digital, indique esse produto no Clube do Contador Certisign. Além da comissão por indicação, o programa de relacionamento do Clube do Contador Certisign oferece prêmios todos os meses. Cadastre-se já.

Compartilhe

Deixe seu comentário