IR: entrega da declaração começa em março

0

Nas próximas semanas, a Receita Federal deve divulgar as regras para o envio do Imposto de Renda, isso porque falta menos de um mês para o início do envio da declaração. Porém, não é preciso esperar o pronunciamento do fisco para se preparar. Até porque, o envio prévio aumenta as chances de receber a restituição nos primeiros lotes.

Um dos primeiros passos é se organizar e resgatar comprovantes de pagamentos que serão deduzidos na declaração. Segundo o economista Marcos Paulo Nóbrega, muita gente deixa de incluir algumas despesas porque não encontra os recibos. “É necessário que a pessoa guarde tudo, pois será para benefício próprio. A dica é elaborar uma pasta especial e deixar marcada como comprovantes do IR, e aí quando for elaborar a declaração, não terá problema algum”, afirmou.

Confira algumas dicas para facilitar a entrega da declaração:

  • Recibos – separe os recibos de pagamentos que podem ser deduzidos, como consultas médicas e mensalidade escolar. (Deduzido apenas de quem faz a declaração completa).
  • Informes de rendimentos – apesar de empresas e bancos terem até 28 de fevereiro para enviar os informes, em alguns casos a entrega é antecipada. Aproveite se o documento já estiver em mãos para se organizar.
  • Recibo do ano passado – exigido para a entrega da declaração de 2013. Caso você tenha perdido seu recibo é possível recuperar em uma unidade da Receita Federal ou, para quem possui Certificado Digital ICP-Brasil, solicitar via internet.
  • Contratos e notas fiscais – se você comprou um veículo ou imóvel em 2013 precisará informar dados dessa compra na declaração. Por isso, é importante separar, desde já, os contratos e notas.
  • Informações de dependentes – quem tem dependentes precisa colocar dados pessoais e informações financeiras deles. Separe a documentação que comprova essas movimentações.

Fonte: Estado de Minas Online

Compartilhe

Deixe seu comentário