João de Lyra: Contador expressivo, medalha cobiçada

0

Você já ouviu falar em João de Lyra Tavares, o patrono da Contabilidade? A “Medalha Mérito Contábil João Lyra” é uma das mais desejadas pelos profissionais da classe, sendo que até o momento, apenas 11 pessoas foram laureadas com ela.

Nascido em 1871, o senador João de Lyra Tavares, falecido em 1930, durante toda a sua vida contribuiu com a Contabilidade. Em 1925, foi eleito presidente do Conselho Perpétuo dos Contabilistas Brasileiros e, em toda a trajetória parlamentar, propôs e reivindicou a aprovação de várias leis em benefício da profissão Contábil. Inclusive, foi ele que, em 1926, instituiu 25 de abril como o Dia do Contabilista brasileiro.

Como tudo começou

O senador – pernambucano de nascimento, mas paraibano por opção – começou a sua carreira como guarda-livros e chefe de escritório das firmas Lyra Tavares e Fabrício & Cia. Lyra foi historiador e economista, autor de obras didáticas e estudioso de geografia.

Em 1914, tomou parte da comissão escolhida para estudar a reorganização da Contabilidade do Tesouro Nacional. Suas ações no Senado resultaram em grandes avanços para os Contabilistas – na época eram conhecidos como contabilísticos -, inclusive para o reconhecimento da sua profissão. Entre as principais conquistas está a criação da primeira escola oficial de Contabilidade: a Escola de Comércio, fundada em 1926.

Em 1931, foram criados diversos cursos, entre eles o de guarda-livros e o dos peritos-contadores. O curso de Ciências Contábeis surgiu 14 anos depois, em 1945.

Por esses motivos, João Lyra é um símbolo da Contabilidade até hoje, dando nome à maior honraria da classe contábil: a “Medalha Mérito Contábil João Lyra”, instituída pelo Conselho Federal de Contabilidade, por meio da Resolução CFC nº 440 de 1976. Desde então, sua entrega é feita nos Congressos Brasileiros de Contabilidade, realizados de quatro em quatro anos.

Apenas os grandes nomes da Contabilidade são agraciados com a Medalha, que tem o objetivo de condecorar profissionais que se destacam de forma notável ou relevante, contribuindo para a elevação da classe. Até 2015, 11 personalidades da Contabilidade do País receberam essa Medalha.

Foram eles: José Martonio Alves Coelho (2012); Eliseu Martins (2008); José Maria Martins Mendes (2004); Antonio Carlos Nasi (2000); Ivan Carlos Gatti (1996); Sérgio Approbatto Machado (1992); Militino Rodrigues Martinez (1992); Antônio Lopes de Sá (1988); Olivio Koliver (1984); Ynel Alves de Camargo (1980); Zilmar Bazerque Vasconcellos (1976); Ulisses Celestino Góes (1976); e Hilário Franco (1976).

Você tem Certificado Digital? O Portal de Assinaturas Certisign é uma plataforma de serviços que permite a assinatura de qualquer documento por meio do Certificado Digital ICP-Brasil. Com apenas alguns cliques e com total validade jurídica. Experimente gratuitamente: www.portaldeassinaturas.com.br

Relacionadas

Mulher contabilista: ascensão histórica
Pesquisa revela: Contador é uma profissão em alta

Compartilhe

Deixe seu comentário