Motivos para você não emprestar seu Certificado Digital

0

Você emprestaria a senha do seu cartão de crédito para alguém? Muitas pessoas responderiam imediatamente que não, pois sabemos que os riscos de fraude, roubo e crimes de falsa identidade são gigantescos. Quando uma pessoa sabe a sua senha bancaria ela pode ter acesso a sua conta, sacar em seu nome, fazer transferências de quantias absurdas, enfim, você pode ser lesado, perder todo seu dinheiro e até ganhar dívidas que não te pertence.

Você conta para todo mundo a senha do seu e-mail ou rede sociais?

Mais uma vez a resposta automática é não. Pois a pessoa terá acesso aos seus dados pessoais, poderá se passar por você em e-mails e postagens comprometedores ou de conteúdos impróprios, enfim, você mais uma vez sairá muito prejudicado.

Qualquer pessoa tem acesso ao seu celular?

A primeira coisa que todo mundo faz ao comprar um novo celular é definir uma senha de segurança, escolhendo entre as opções de deslizar, criação de desenho, desbloqueio facial e até mesmo uma senha de números. Se você já passou pela experiência de alguém pegar o seu celular sem você saber para bisbilhotar suas coisas como fotos ou mensagens, entende o quanto a situação é chata.

banner-campanha-institucional-2

Por sabermos de todos esses riscos devemos nos proteger, ou seja, não emprestar nossa senha para ninguém.

Mas, por que não devemos emprestar nosso Certificado Digital para ninguém?

A linha de pensamento é basicamente a mesma, o seu Certificado Digital tem validade jurídica, então, tudo o que for validado por ele tem valor legal no mundo físico. Desta forma, todos os contratos, acertes, e documentos passam a ter valor jurídico.

Então, com o empréstimo, seu Certificado Digital pode chegar até pessoas mal-intencionadas que farão mau uso dele, como: usar a assinatura para selar uma um acerte ilegal, contrato cheio de falcatruas, compra ou venda imóveis e com isso você, por exemplo, pode responder por uma fraude ou por um processo que não tem nada a ver com você ou com sua empresa. Como popularmente chamam, você e/ou seu empreendimento poderão ser feitos de laranja.

Como estar precavido e se proteger?

Para que você não tenha grandes problemas com a justiça, ou até pequenas dores de cabeça, escolha bem as pessoas de confiança e opte em fazer uma procuração eletrônica e limite o que as pessoas possam fazer em seu nome. Fique atento! Assim como a sua senha bancária, a senha do seu e-mail ou rede sociais e, até mesmo, da sua própria digital, o seu Certificado Digital é de uso pessoal e intransferível!

Não importa se é pessoa física ou jurídica, seja sempre você mesmo! Se você ainda não possui o seu Certificado Digital clique aqui e seja uma pessoa segura.

Compartilhe

Deixe seu comentário