Muro das Lamentações Contábeis, o que mais incomoda?

0

Vida de contador não é fácil, entre inúmeros impostos, obrigações acessórias, prazos curtos a cumprir, clientes exigentes, e muito, mas muito trabalho mesmo, os contadores quase não têm tempo para reclamar.

Por isso o Clube do Contador Certisign resolveu criar um “Muro das Lamentações Contábeis”, no qual os profissionais da Contabilidade podem derramar suas queixas, mostrar o seu sufoco do dia a dia e ainda apresentar sugestões de melhorias. Vamos dar início à série de choros e lamentações ouvindo três experientes e renomados profissionais, empresários, dirigentes da classe que nos falam de suas experiências.

O presidente do Sindicato dos Contabilistas de Campinas, Dagoberto Silvério da Silva, o presidente do Sindicato dos Contabilistas de Ribeirão Preto, Márcio Minoru Garcia Takeuchi e o presidente da Federação dos Contabilistas do Estado de São Paulo – Fecontesp, na gestão 2007-2010, Mauro De Martino.

O que mais incomoda?

Obrigações acessórias

“Atualmente existem muitas obrigações que fazem com que os profissionais da área sintam-se funcionários do governo e não das empresas e escritórios.” – afirma o ex-presidente da Fecontesp, Mauro De Martino.

“As obrigações acessórias incomodam muito, principalmente as mais recentes”, comenta o presidente do Sindicato dos Contabilistas de Campinas, Dagoberto Silvério da Silva

Responsabilidade Civil

“Atualmente, uma das maiores preocupação dos contabilistas é com a responsabilidade civil. A imensa quantidade de informações a ser transmitida aos órgãos arrecadadores aumenta a probabilidade de erros no preenchimento dos formulários que pode levar a pesadas multas.” – confessa o presidente do Sindicato dos Contabilistas de Ribeirão Preto, Márcio Minoru Garcia Takeuchi.

Prazos

“Os prazos para o cumprimento das obrigações são muito apertados. Além disso, as penalidades e multas em caso de inadimplência incomodam” Reforça Dagoberto.

“Os prazos curtos criam um ambiente estressante nas empresas e muitas vezes obrigam os funcionários a trabalharem fora do horário normal.” – relata De Martino.

Prazos + Clientes

“O prazo curto para cumprir as obrigações gera grande preocupação, em alguns casos o cliente não envia para o contabilista todas as informações necessárias ou então deixa para os últimos dias. A prova disso é que algumas estatísticas divulgadas demonstram que mais de 50% das obrigações acessórias possuem algum erro ou omissão.” – afirma Minoru.

Contador, como você gerencia a documentação física dos seus clientes? Dê adeus às planilhas e papéis. Conheça o CertiFlow e automatize esse processo. Saiba mais!

Compartilhe

Deixe seu comentário