NF-e poderá substituir ECF no comércio varejista

0

Está em andamento no Rio Grande do Sul um projeto piloto que propõe a substituição do Emissor de Cupom Fiscal (ECF) pela Nota Fiscal Eletrônica (NF-e). Durante a fase inicial do projeto, a emissão da NF-e no varejo será opcional, pois os comerciantes poderão continuar utilizando também o cupom fiscal. Estima-se que a NF-e varejista entre em operação oficialmente a partir de julho deste ano e já está previsto ampliá-la para outros setores.

O objetivo do projeto, segundo o subsecretário da Receita Estadual, Ricardo Neves Pereira, é ter um sistema único de emissão de notas fiscais. “A SEFAZ/RS é o ambiente piloto para a maioria das novas funcionalidades da NF-e e, em minha opinião, caso o projeto piloto seja aprovado, existem fortes indicativos de que essa medida possa ser estendida a outros estados”, afirma.

Outros exemplos e situações reforçam a ideia de que esse projeto será estendido para todo o Brasil, uma vez que traz praticidade para os próprios varejistas. Como, por exemplo, a emissão por qualquer equipamento emissor – já que a NF-e utiliza padrões abertos, não sendo necessária homologação do fisco – e a possibilidade de disponibilizar com facilidade novos pontos de venda em épocas de grande fluxo de clientes.

Fonte: Portal Segs / texto: Carlos Duenas, diretor de produtos da VINCO

Compartilhe

Deixe seu comentário