Paralimpíada: os Jogos da superação

0

Como muitos sabem, o Rio de Janeiro recebe, de 7 a 18 de setembro, a Paralimpíada. A maior competição esportiva do mundo dedicada aos atletas com deficiência.
A primeira edição foi sediada em Roma, em 1960 e somente atletas cadeirantes podiam participar. Hoje, são mais de 4 mil atletas com deficiências físicas(motoras, amputações, visuais e paralisia cerebral) de pelo menos 176 países, que prometem compartilhar as melhores histórias de superação e heroísmo.

O Brasil participou dos Jogos Paralímpicos de Verão de 2012, em Londres e pela primeira vez competiu em 18 esportes diferentes, ficando na sétima posição. Um dos grandes atletas que participou das paraolimpíadas foi Daniel Dias, que nasceu sem os pés e as mãos. Ele nada desde os 16 anos e, até hoje, levou o ouro em todas as provas individuais que disputou na natação. Em seu Instagram, ele fica honrado em poder representar o país nas paraolimpíadas 2016.

A Certisign acredita que histórias de superação no esporte podem mudar o mundo e esse ano está patrocinando o projeto sociocultural Reciclando Mentes, que trabalha junto a ONGs, grupos e comunidades com metodologias baseadas nas Práticas Narrativas Coletivas, uma delas denominada “O atleta da Vida”, desenvolvida especialmente para o ano das Olimpíadas e Paralimpíadas. O esporte é uma das inspirações para essas narrativas.

O Reciclando Mentes aproveitou o ano das Olimpíadas e paralimpíadas para organizar a campanha “O Time da Vida para a Mudança”. Esta campanha pretende promover reflexões sobre o que cada um de nós pode fazer para melhorar sua própria vida, a de sua comunidade, cidade e país.

Conheça mais sobre o projeto clicando aqui.

Se você deseja fazer parte deste Time da Vida para a Mudança ou acredita que possa enriquecer a campanha de alguma outra forma, entre em contato com a equipe time@timedavida.org, sinalizando o seu interesse em participar e o formato que considera mais adequado às suas possibilidades.

Saiba mais aqui: Time da Vida para a Mudança.

Fontes: BBC, Rio 2016 e Certisign

Compartilhe

Deixe seu comentário