Retificação! Ainda há tempo de revisar erros comuns no IRPF 2017

0

Declarar Imposto de Renda é um processo extenso e detalhado, portanto é muito fácil passar um ou outro erro. Por isso, para tentar ajudar nossos leitores e clientes a ficarem de olhos abertos e escapar de mais essa dor de cabeça, criamos uma lista com os erros mais comuns nas declarações de Imposto de Renda. Confira:

Omissão de rendimentos

Um dos erros mais comuns dos contribuintes é esquecer de incluir o rendimento de algum trabalho que tenha realizado como autônoma ou um emprego que tenha permanecido por muito pouco tempo.

Dependentes

Incluir um dependente com renda na sua declaração, mas não informar o valor é outro erro clássico. Incluir dependentes fora da lista permitida pela Receita Federal é outro problema grave.

Banner-clube-do-contador

Despesas médicas

Nunca declare uma despesa dessa natureza sem comprovação. Por ser um quesito sem limite de dedução, a Receita Federal é extremamente detalhista com essas informações e pode exigir comprovação de todas as despesas. Guarde todos os comprovantes por pelo menos 5 anos e fique atento com despesas que não podem ser deduzidas, como vacinas ou remédios. Cuidado também com os reembolsos. Esses valores devem ser informados no campo “Parcela não Dedutível/Valor Reembolsado”.

PGBL x VGBL

Cuidado para não confundir o plano de previdência PGBL com o VGBL. Apenas as contribuições feitas a planos como PGBL e Fapi podem ser deduzidos. VGBL deve ser declarado como aplicação financeira.

Aposentadoria

Não é porque você se aposentou que vai poder baixar a guarda. Você também pode cair na malha fina se esquecer de informar essa renda.

Erros de digitação

Um dos casos que deixa mais gente de cabelo em pé. Atenção redobrada na hora de digitar pontos, vírgulas e valores dos centavos.

Valor de bens

Jamais atualize o valor da sua casa, carro ou outros bens pelo valor de mercado. Declare sempre pelo custo de aquisição.

Renda de aluguel

Aluguéis recebidos são um rendimento tributável e devem ser declarados, não importa o valor. Inquilinos são obrigados a informar o valor pago também na ficha “Pagamentos Efetuados”.

Pensão alimentícia

Esse rendimento também deve ser declarado, independente do valor. Quem paga pode deduzir o valor integral, desde que obrigado por decisão judicial ou acordo em cartório.

Caso você tenha cometido qualquer erro na sua declaração, o jeito é realizar uma declaração retificadora o mais rápido possível para evitar a malha fina ou qualquer outra penalidade. Você pode também fazer sua declaração de forma pré-preenchida com o seu Certificado Digital Certisign. Além de tornar seu processo de declaração mais rápido, as chances de erro são muito menores.

Contador, a Certisign te ouviu e acaba de lançar um programa com novas vantagens financeiras para você. Venha para o Clube do Contador Certisign ou ligue para (11) 3546 3800.

Compartilhe

Deixe seu comentário