Segurança de site é critério no rankeamento do Google

0

Uma decisão do Google deve estimular os sites a adotar protocolos de segurança para criptografar o tráfego. Agora, o “https” em um site – que indica o uso do Certificado SSL – fará parte da extensa lista de atributos que definem o rankeamento dos sites na página do Google.

Segundo Maurício Balassiano, Diretor de Tecnologia da Certisign, empresa especialista em segurança da informação, esta ação impactará de forma positiva os negócios das empresas, pois fará com que os sites, principalmente os e-commerces, enxerguem a importância de se ter segurança ampla para os dados da empresa e dos clientes.

“O Certificado SSL garante a autenticação e verificação de propriedade do site e a criptografia da comunicação. Ao autenticar e verificar as informações referentes à identidade do site, os dados ficam visíveis aos visitantes, seja por meio do HTTPS, símbolo de cadeado exibido na barra do browser ou Selo de Segurança, por exemplo, Selo Site Seguro Certisign. Ou seja: além de prover um ambiente seguro, ele dá sinais aos visitantes, o que adiciona valor ao site”, explica.

Já a criptografia, de acordo com Balassiano, garante proteção aos dados em tráfego, não permitindo que estes sejam interceptados e/ou lidos por ninguém, a não ser pelo próprio destinatário. Isso significa que o cliente pode inserir as informações pessoais, como os dados do Cartão de Crédito, por exemplo, com toda segurança e confiança no ambiente de e-commerce protegido por um Certificado SSL.

Quer saber tudo sobre o Certificado SSL e o que ele pode fazer por seu e-commerce? Baixe nosso guia gratuito. Clique aqui.

Relacionadas

e-Commerce: confira as tendências para 2015 
Congresso E-Commerce Brasil: soluções Certisign para sua loja virtual

Compartilhe

Deixe seu comentário