Seus dados estão mesmo seguros na internet?

0

Na era da internet 2.0 e com a entrada das classes C e D nesse mundo virtual, a troca de importantes dados pela rede aumenta consideravelmente. Até mesmo o governo tem apostado nessa tecnologia para melhorar a comunicação com as empresas, minimizar a burocracia e agilizar processos. A própria mudança no acesso à Conectividade Social é prova disso. Mas, será que a internet é mesmo segura?

A questão não é se ela é mesmo segura, uma vez que isso depende de cada site e de pessoas bem ou mal intencionadas navegando pela rede. Cabe então ao usuário tomar as medidas de segurança e se certificar se o ambiente virtual acessado é seguro.

O uso de um bom antivírus é o passo inicial para garantir a segurança de seu computador e, consequentemente, seus dados. Acessar e baixar conteúdo de sites conhecidos, com selo de segurança e renomados também. A Certisign já deu a dica: é necessário verificar certos detalhes no momento do acesso, se certificando que o site em que você navega é protegido e não um site fraudado. Endereços seguros sempre iniciam com https://, a barra de endereço se mostra na cor verde e existe um cadeado pequeno na mesma ou na parte inferior da página.

Quando o assunto é o governo, alguns procedimentos já nasceram com o uso da Certificação Digital, que garante a idoneidade do processo bem como a segurança dos dados da empresa portadora desse documento. Outros programas já existentes estão sendo estudados para a web e essa mudança prevê a certificação.

No caso do e-commerce, também existem certificados específicos para os sites protegerem os dados de seus consumidores. Inclusive 70% dos principais portais de vendas online do país utilizam os Certificados para Servidores Web da Certisign. Para verificar se a loja é segura, além dos processos anteriores, verifique se o domínio possui em sua home o selo de site seguro.

Compartilhe

Deixe seu comentário