Tecnologia e comportamento para um Carnaval seguro

0

A tecnologia auxilia muito no processo de segurança. Prova disso, é o Certificado Digital que, por exemplo, garante a identificação segura de pessoas e empresas, por meio da criptografia de dados.

No dia a dia dos paulistanos, na rua, não é diferente. É a tecnologia que colabora para a segurança dos cidadãos. Neste caso, a visual. Só na cidade de São Paulo, há uma câmera de vigilância para cada 10 pessoas. São mais de 1 milhão ao todo, segundo informações da Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança (Abese). O que certamente concederá aos foliões, turistas e cidadãos a ter um Carnaval mais seguro.

Em Salvador a expectativa é a mesma. Famosa por receber milhares de foliões, a cidade costuma investir também na tecnologia visual para garantir segurança aos foliões. No ano passado, em 2014, cerca de 150 câmeras de segurança foram instaladas no circuito para auxiliar no trabalho dos policiais.

No entanto, de nada adianta a segurança tecnológica se não houver um cuidado comportamental. Veja algumas dicas.

> Mantenha seus objetos (celular, carteira, bolsa etc) à frente de seu corpo.
>Tenha atenção especial com as crianças. Uma boa alternativa é identificá-las com etiquetas.
>Vai sair junto com um grupo? Marque pontos para reencontros caso aja separações.
> Beba de forma consciente. Evite excesso.
> Não dirija após a ingestão de bebidas alcoólicas.
> Não aceite bebidas de quem você não conhece.
> Deixe separado dinheiro para pequenas despesas.
> Evite estacionar e permanecer dentro do carro em via pública ou em local deserto.
> Informe sempre sua família sobre onde e com quem você vai estar.
> Em qualquer situação de emergência ligue para 190.

Fonte: Secretária de Segurança Pública e 16BPM

Relacionadas
Saiba como usar as redes Wi-Fi de forma segura

Compartilhe

Deixe seu comentário